Como é Composto o Endereço IP

O endereço IP (ou somente IP) é uma seqüência de números composta de 32 bits.

Esse valor consiste num conjunto de quatro grupos de 8 bits. Cada conjunto é separado por um ponto e recebe o nome de octeto ou simplesmente byte, já que um byte é formado por 8 bits.

O número 172.31.110.10 é um exemplo. Repare que cada octeto é formado por, no máximo 3 caracteres, sendo que cada um pode ir de 0 a 255.

Os dois primeiros octetos de um endereço IP geralmente são usados para identificar a rede, mas isso não é regra fixa, como será visto mais adiante. Em lugares com várias redes, pode-se ter, por exemplo, 172.31 para uma rede e 172.32 para outra. Já os últimos 2 octetos, são usados na identificação de computadores dentro da rede. Por exemplo, em uma rede com 400 computadores, pode-se usar as faixas de 172.31.100.1 a 172.31.100.255 e 172.31.101.0 a 172.31.101.255. Novamente, esta não é uma regra fixa.

Como os endereços IP usados em redes locais são semelhantes aos IPs da internet, usa-se um padrão conhecido como IANA (Internet Assigned Numbers Authority) para a distribuição de endereços nestas redes. Assim, determinadas faixas de IP são usadas para redes locais, enquanto que outras são usadas na internet. Como uma rede local em um prédio não se comunica a uma rede local em outro lugar (a não ser que ambas sejam interconectadas) não há problemas de um mesmo endereço IP ser utilizado nas duas redes. Já na internet, isso não pode acontecer. Nela, cada computador precisa de um IP exclusivo.

O padrão IANA divide a utilização de IPs para redes locais em, basicamente, 3 classes. Esse divisão foi feita de forma a evitar ao máximo o desperdício de IPs que podem ser utilizados em uma rede:

Classe A: 10.0.0.0 a 10.255.255.255 - Permite até 16 milhões de computadores em cada rede (máximo de 1 rede);

Classe B: 172.16.0.0 a 172.31.255.255 - Permite até 65.534 computadores em uma rede (máximo de 21 redes);

Classe C: 192.168.0.0 a 192.168.255.255 - Permite até 254 computadores em uma rede (máximo de 255 redes).

Os IPs são divididos em três classes (na verdade, existem mais) para atender as seguintes necessidades:

- os endereços IP da classe A são usados em locais onde é necessário uma rede apenas, mas uma grande quantidade de máquinas nela. Para isso, o primeiro byte é usado como identificador da rede e os demais servem como identificador dos computadores;

- os endereços IP da classe B são usados nos casos onde a quantidade de redes é equivalente ou semelhante à quantidade de computadores. Para isso, usa-se os dois primeiros bytes do endereço IP para identificar a rede e os restantes para identificar os computadores;

- os endereços IP da classe C são usados em locais que requerem grande quantidade de redes, mas com poucas máquinas em cada uma. Assim, os três primeiros bytes são usados para identificar a rede e o último é utilizado para identificar as máquinas.


Gostou deste artigo? Então compartilhe!


Copyright - 2007-2015 - Meu Endereço IP